Direto do Forno · Música

Placebo – Beautiful James (Single)

São oito anos desde Loud Like Love, o último disco cheio da banda, fora alguns singles aqui e outros ali nesse meio tempo. Mas parece que a espera para o tão aguardado novo álbum do Placebo está acabando. Ontem eles soltaram a inédita “Beautiful James”, primeiro single do próximo trabalho, que ainda não foi anunciado de forma oficial.

Lembrando bons momentos do Sleeping With Ghosts (2003), a nova música de Brian Molko e Stefan Olsdal (é, agora Placebo é uma dupla) surpreendeu de forma favorável.

Eu não esperava que ela fosse tão boa!

Direto do Forno · Música

Kid A Mnesia

Para comemorar as duas décadas de Kid A (2000) e Amnesiac (2001), o Radiohead vai juntar ambos em um projeto só, intitulado KID A MNESIA, previsto para sair em cinco de novembro desse ano.

Ao que parece, será um compilado de material inédito, canções já conhecidas e sobras de estúdio. Para o anúncio desse belo pacote, a banda soltou “If You Say The Word” para audição.

O que mais chama atenção é o seguinte: os caras são tão acima da média, que uma música como “If You Say The Word” é tratada como “sobra de estúdio”, ou “não boa o suficiente para entrar no disco”. E a música é maravilhosa!

Direto do Forno · Música

Gary Lee Conner – Truth Eater (Single)

Quando descobri que o Gary Lee Conner continua na ativa, mesmo como um completo outsider da grande mídia, passei a acompanhar suas viagens psicodélicas mais de perto. Com uma produção considerada extensa para alguém que trabalha sozinho, não é nenhuma surpresa que após dois discos lançados no último ano, o maluco já esteja com outro saindo do forno.

Truth Eater foi divulgado há algumas semanas, bem como sua faixa-título e a possível capa do trabalho. Desculpe a repetição, mas esse som é puro Screaming Trees, reforçando mais ainda que ele era o grande cabeça da banda.

Confira.

Direto do Forno · Garimpo · Música

Garimpo: Dark Sky Burial

O Dark Sky Burial é o projeto paralelo de Shane Embury, multi-instrumentista e baixista de longa data do Napalm Death. Se nas quatro cordas ele atordoa seus ouvintes na banda de metal extremo, aqui ele é capaz de fazer o mesmo, mas com uma abordagem diferente.

Com uma mistura de música eletrônica e industrial, passeando também pela ambient music, o Dark Sky Burial chega a ser mais acessível que o próprio Napalm Death, apesar de também ser bastante experimental e causar estranhamento aos ouvidos não tão acostumados com barulhos hipnóticos em alguns momentos, e incômodos noutro.

No início do mês saiu Vincit Qui Se Vincit, o terceiro disco do Dark Sky Burial, contendo nove canções. O interessante é ouvi-las em sequência, como se fosse uma única e longa peça instrumental.

+Filmes · Direto do Forno · Garimpo · Música

William Basinski – Music for Abandoned Airports: Tegel

Lançado em março de 1978, Ambient 1: Music for Airports, do Brian Eno, é um dos discos de ambient music mais conhecidos e influentes já feitos. Composto por quatro longas peças, ganhou notoriedade com o passar dos anos, sendo literalmente executado até em alguns aeroportos. Ideal para momentos de leitura, pensamento e até mesmo para o silêncio.

Citando Brian Eno de forma direta como inspiração para essa obra, William Basinski resgatou de seus arquivos Music for Abandoned Airports: Tegel, referência clara ao seu precursor.

Com quase vinte minutos de duração, a diferença é que o trabalho de Basinski é levado para um lado mais soturno, não chegando a ser incômodo, mas tomado de melancolia. Seria como contemplar o silêncio em alguma localidade gótica, um castelo, para ser mais exato, passeando ao lado do Conde Drácula e ouvindo os seus lamentos sobre a dor da vida eterna que tanto o assombra (isso no Nosferatu do Werner Herzog).

Music for Abandoned Airports: Tegel foi composta em 1998, mas só saiu do baú no último dia 6.

Direto do Forno · Música

Guided By Voices – My (Limited) Engagement (Single)

Não é brincadeira. O Guided By Voices já anunciou mais um disco. O segundo só em 2021, o quinto desde o ano passado.

It’s Not Them. It Couldn’t Be Them. It Is Them! sairá pela Rockathon Records, do próprio Robert Pollard, em 22 de outubro. O single “My (Limited) Engagement” está disponível para os ouvintes. Ouça.

É isso. Não tenho mais o que acrescentar.

Direto do Forno · Música

Melvins – Night Goat (Acústico) (Single)

Pela primeira vez em quase quarenta anos de estrada, os Melvins lançarão um disco inteiramente acústico. Composto por alguns covers e canções selecionadas de toda a discografia da banda, serão duas horas e meia divididas em 36 músicas. Material para quem realmente é fã.

O primeiro single desse projeto é “Night Goat”, minha música favorita deles, presente no disco Houdini, de 1993. Tem uma versão dela de 1992 lançada em um disco de sete polegadas que é ainda melhor.

Sendo sincero, não me agradou tanto, mas vale pela curiosidade. Five Legged Dog sairá do forno em 15 de outubro desse ano, sempre pela Ipecac.

Direto do Forno · Música

Courtney Barnett – Rae Street (Single)

É provável que todos os sites sobre música e cultura pop do planeta já tenham falado sobre o novo single da Courtney Barnett, “Rae Street”. E como ando quase sempre na contramão, mesmo já fora de tempo, também coloco aqui a informação, pois quase tudo que essa mulher inventa é agradável aos ouvidos.

“Rae Street” tem um refrão que gruda na mente: “time is money and money is no man’s friend.” Não poderia concordar mais. Além, claro, do instrumental certinho e a voz preguiçosa e aconchegante de Courtney.

Em novembro sai o próximo disco dela, Things Take Time, Take Time. Há quem diga que ela é “o novo Dylan”, o que eu acho um exagero. Mas é inegável que Courtney é uma das artistas mais criativas dos últimos anos, vide o disco que ela fez com o Kurt Vile. Uma maravilha do indie moderno.

Direto do Forno · Música

FEELS – Night Walker (Single)

Já faz dois anos e meio que Post Earth, o último álbum do FEELS, saiu do forno. E para quebrar esse vazio de lançamentos, a banda prepara um novo EP, Subversive Reaction, para a próxima semana.

O FEELS faz um som sem muita firula, aquele rock sujo e agitado bem gostoso de ouvir, muito inspirado na cena noventista. “Night Walker” é o primeiro single desse próximo disco e não foge muito disso.

Uma banda interessante para se conhecer e acompanhar.

Direto do Forno · Música

Deafheaven – The Gnashing (Single)

Enquanto os “fãs” continuam dando chilique pela mudança de sonoridade do Deafheaven, sigo empolgado com o lançamento de Infinite Granite, o próximo disco deles, que sairá pela Sargent House mês que vem.

E se eu ainda estava na dúvida se “Great Mass of Color” era apenas um ponto fora da curva, parece mesmo que esse novo trabalho tomará um rumo mais diferente. “The Gnashing” saiu ontem e segue a mesma tendência do single anterior, com guitarras barulhentas abafando o vocal, que antes era gritado e agora é mais delicado, criando uma atmosfera melancólica e psicodélica.

Não gosto de expectativas, mas é um dos lançamentos que mais aguardo para os próximos meses.